Home / notícias / A ALMG anunciou, na reunião dessa segunda-feira, que irá criar uma comissão especial para discutir a reforma da Previdência

A ALMG anunciou, na reunião dessa segunda-feira, que irá criar uma comissão especial para discutir a reforma da Previdência

unnamed (2)

Nessa segunda-feira (20/3), a diretoria do SISIPSEMG e os servidores do IPSEMG compareceram à Assembleia Legislativa de Minas Gerais para participar da reunião extraordinária que discutiu a PEC 287, que trata a reforma da previdência.

Marcada por crítica e protestos contra a reforma e as suas consequências desastrosas para os trabalhadores brasileiros, a reunião contou com a presença de deputados estaduais e federais, diversos sindicatos, centrais sindicais e vários trabalhadores, que lotaram o Salão Nobre da ALMG e o Espaço Democrático José Aparecido de Oliveira.

unnamed (1)

Na ocasião, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Adalclever Lopes, informou que será criada uma comissão especial da reforma da previdência, que irá percorrer várias regiões do estado realizando uma ampla discussão sobre a PEC 287. Para o deputado, a reforma irá condenar grande parte do povo brasileiro a não aposentadoria e terá muitos impactos negativos para o país.

Durante a reunião, os deputados estaduais e federais presentes condenaram a reforma e defenderam a união dos partidos na luta contra a PEC, que prevê, por exemplo, a idade mínima de 65 anos e 49 anos de contribuição para ter direito a aposentadoria integral.

Compondo a mesa, a Secretária da Mulher pela CSB e diretora do SISIPSEMG, Tieta, reforçou que o SISIPSEMG e a CSB irão acompanhar a Comissão durante as visitas ao interior, mobilizando todos na luta contra essa política que prejudica imensamente as mulheres e acaba com os direitos de todos trabalhadores.

O deputado Gilberto Abramo, que presidirá a comissão, afirmou que irá mobilizar os presidentes de outras Assembleias Legislativas para debater e conscientizar os deputados federais sobre as consequências da PEC 287 para os trabalhadores.

Ao final da reunião, o deputado Rogério Correia apresentou uma moção, requerida pela Deputada estadual Marília Campos, que será encaminhada pela ALMG aos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, contra a reforma da previdência. O documento já possui a assinatura de vários deputados, mas a intenção que ele seja assinado por todos os parlamentares da Casa.

Todos os sindicatos e centrais sindicais, presentes na reunião, criticaram duramente as alegações usadas pelo governo para defender a reforma. Eles também cobraram dos deputados o compromisso de que a PEC seja reprovada em sua totalidade.

Veja também

IMG-20200929-WA0003

JURÍDICO EM AÇÃO: Verbas retidas

Atuando sempre em defesa do cumprimento dos direitos da categoria, o Departamento Jurídico do SISIPSEMG ...