Home / notícias / Maioria do STF diz que salário de servidores não pode ser reduzido

Maioria do STF diz que salário de servidores não pode ser reduzido

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nessa quinta-feira (22) para impedir que estados e municípios endividados reduzam o salário de servidores públicos como forma de ajuste das contas públicas. A discussão, que dividiu a Corte, foi um dos pontos mais polêmicos no julgamento sobre a Lei da Responsabilidade Fiscal (LRF), sancionada pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso em 2000.

Um dos artigos da LRF – que permite reduzir jornada de trabalho e salário de servidores caso o limite de gasto com pessoal de 60% da Receita Corrente Líquida (RCL) seja atingido – foi suspenso de forma unânime pelo STF em 2002. Agora, o Supremo analisou definitivamente o mérito da questão. O placar terminou em 6 a 4.

O julgamento não foi concluído ontem devido à ausência do decano do STF, ministro Celso de Mello, que se recupera de uma pneumonia. Toffoli decidiu aguardar o retorno de Celso para encerrar a discussão sobre a validade da LRF. Não há previsão de quando o julgamento será retomado. Independentemente do voto de Mello, porém, o julgamento terminará favorável aos servidores.

Fonte: Jornal Estado de Minas

Veja também

IMG-20190904-WA0004

SISIPSEMG participa de reunião com o Secretário de Planejamento para tratar pauta do IPSEMG e dos servidores públicos

Nessa quarta-feira (4/9), a diretoria do SISIPSEMG reuniu, juntamente com representantes dos sindicatos do Poder ...