Home / Destaques / Departamento Jurídico faz alerta aos servidores sobre golpes aplicados por estelionatários

Departamento Jurídico faz alerta aos servidores sobre golpes aplicados por estelionatários

Preocupados com o aumento expressivo do número de casos envolvendo os associados e relatados nos atendimentos, a diretoria do SISIPSEMG e o Departamento Jurídico, decidiu promover ações de esclarecimentos a respeito das diversas modalidades de golpes praticados por estelionatários contra os cidadãos, principalmente os aposentados.

Visando a prevenção dos casos, foi realizada uma reunião na Sede do Sindicato, onde o Departamento Jurídico compartilhou as experiências relatadas e alertou os associados sobre os tipos mais frequentes. Situações que geram transtornos enormes na vida das pessoas afetadas, deixando as vítimas em situação de vulnerabilidade, e, em muitos casos, com prejuízos financeiros.

É importante dizer que são modalidades já conhecidas e amplamente divulgadas na imprensa. Contudo, entendemos que vale a pena destacá-las, tendo em vista que muitas pessoas ainda são vítimas de tais crimes.

Uma das modalidades mais frequentes é a praticada por correspondência. O cidadão recebe uma correspondência, com o logotipo de um escritório de advocacia – normalmente de fora do estado, onde é informado de um “suposto crédito judicial” que tem a receber. Recomendamos que, caso receba uma correspondência com tais características, é sempre importante consultar um advogado de confiança para evitar qualquer prejuízo.

Vale destacar, ainda, a modalidade de “empréstimo consignado realizado a domicílio”. Alguns aposentados tem sido abordados por “supostos representantes de bancos”, com formulários para realização de empréstimos consignados, na porta de suas residências.

É preciso alertar também sobre os casos de associações que vem sendo constituídas com a única finalidade de arrecadação financeira, sem qualquer contrapartida. Foi o caso de alguns atendimentos relatados e acompanhados pelo SISIPSEMG, em que os servidores foram abordados na rua e receberam a oferta de diversos serviços, inclusive jurídico, com a promessa de que teriam muito dinheiro a receber, caso se associem com o pagamento de mensalidades e prestações semestrais de alto valor. Contudo, após a “associação” e pagamento, que normalmente ocorre no mesmo dia, nada é feito.

Em conversa com representantes da PMMG, também fomos informados que a modalidade do “golpe do sequestro de familiar” tem ocorrido com bastante frequencia nos últimos dias. Neste caso, os criminosos ligam para as pessoas e dizem que estão com parentes sendo mantidos em cárcere, e exigem dinheiro ou crédito para celular como forma de “resgate”. Na mesma linha de golpes, eles fazem também ligações tentando induzir a vítima a acreditar que possuem parentes na estrada necessitando de ajuda, e que precisam que depositem dinheiro urgentemente. Nestes casos, a orientação é não estender a conversa telefônica e não falar nomes de parentes. Desligue rápido e se precisar peça ajuda a PMMG pelo número 190.

O SISIPSEMG ressalta também que disponibiliza assistência jurídica a todos os seus filiados, de segunda a sexta-feira, no horário de 13:00 às 17:00 horas, na Sede do Sindicato.

Estamos sempre à disposição para atendê-los.

Veja também

image

ALMG aprova em 1º turno verba para pagar 13º dos servidores

Os deputados aprovaram em primeiro turno, na manhã desta quarta-feira (20), o projeto de lei que ...